Mais bizarrices sensacionais no vídeo de “When I Grow Up” do Fever Ray

terça-feira, fevereiro 17th, 2009

Fever Ray - When I Grow Up

Se “If I Had a Heart”, o single/vídeo de estréia do Fever Ray era algo para se assustar e arregalar os olhos, a vocalista do The Knife, Karin Dreijer Andersson, consegue se superar com “When I Grow Up”.


Clipe de “When I Grow Up”

O vídeo é dirigido por Martin de Thurah e segundo ele “a idéia inicial era que alguma coisa estava prestes a sair da água (…) mas a idéia tomou uma forma simples para que a música crescesse no trabalho”. Podemos dizer que já é um dos nossos vídeos favoritos do ano?

Radiohead doa canção para comercial de ONG britânica

terça-feira, fevereiro 17th, 2009

O Radiohead cedeu o uso da canção “Videotape”, do álbum In Rainbows, para a ONG britânica Shelter que dá assistência a desabrigados.


Comercial Shelter: House of Cards

O comercial House of Cards é criação da Leo Burnett e tem locução da atriz Samantha Morton (que já foi uma desabrigada antes de se tornar famosa).

via space invaders

Polly Scattergood é a nova bonequinha de porcelana da música pop

domingo, fevereiro 15th, 2009

Polly Scattergood

A britânica Polly Scattergood assinou contrato com a Mute Records no final de 2007 e gravou o single “Nitrogen Pink” (MP3) pelo selo. Agora, enquanto se prepara para lançar o álbum de estreia em maio, inicia a divulgação do trabalho com o single e videoclipe de “Other Too Endless”.


Clipe de “Other Too Endless”

Com influências de Kate Bush e Joni Mitchell, como revela, a garota interpreta suas canções de forma pessoal e com características da música pop. Suas composições revelam uma delicadeza perturbadora, tendências suicidas, desilusões amorosas num vocal de revolta e inocência de menina.

Beth Ditto causa na edição de estreia da revista Love

domingo, fevereiro 15th, 2009

Como é possível não gostar de Beth Ditto, a vocalista do Gossip?

Beth Ditto - Love Magazine

Depois de aparecer nua na capa da NME, a cantora repete a dose na edição número #1 da revista Love. A foto é da dupla Mert&Marcus.

A capa do terceiro disco do Yeah Yeah Yeahs, Almodóvar apresenta curta metragem na TV espanhola, os vencedores do BAFTA, Trailer de ‘Inglourious Basterds’, Justice e SoMe garantem novo visual para a Coca-Cola, Santogold muda o nome, Tokyo!, os indicados ao Oscar 2009 pela lente de Annie Leibovitz e clipes para manter o hábito

sexta-feira, fevereiro 13th, 2009

Yeah Yeah Yeahs - It´s Blitz ▪ O ovo estourando é a capa do terceiro álbum (It’s Blitz!) do Yeah Yeah Yeahs. As faixas do disco são:

“Zero”
“Heads Will Roll”
“Soft Shock”
“Skeletons”
“Dull Life”
“Shame and Fortune”
“Runaway”
“Dragon Queen”
“Hysteric”
“Little Shadow”

O disco será lançado em abril nos Estados Unidos e o primeiro single será “Zero”. (via stereogum)

Trailer: Inglourious Basterds.

▪ Atores e diretores do Oscar 2009 pela lente de Annie Leibovitz. (via freakshowbusiness)

Sam Mendes e Kate Winslet Penélope Cruz e Woody Allen

▪ Os ganhadores do BAFTA 2009. (via a sala)

▪ Durante os intervalos de gravações de Los Abrazos Rotos, próximo filme de Pedro Almodóvar, o cineasta gravou o curta metragem La Concejala Antropófaga com a atriz Carmen Machi.


Trailer de La Concejala Antropófaga

Há mais de 30 anos que o diretor espanhol, que começou fazendo curtas, não filmava um. La Concejala Antropófaga será exibido hoje (13) na televisão espanhola.

EPK: Lily Allen – It’s Not Me, It’s You.

▪ A Coca-Cola está mais moderninha e vestida pelo duo Justice e o produtor SoMe. (via Lilian Pacce)

DuffyDuffy está farta da sonoridade dos anos 60 e estilo Amy Winehouse. Em seu segundo trabalho, quer explorar um estilo parecido com o de Mariah Carey ou Christina Aguilera, disse a cantora. Boa sorte! (via female first)

▪ Avisa o cartório. Santogold, a cantora americana cujo verdadeiro nome é Santi White, decidiu que, a partir de agora, quer ser chamada de Santigold.

Tokyo! segue os moldes de Paris, Te Amo. Os diretores Michel Gondry (de Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças), Joon-ho Bong (de O Hospedeiro) e o francês Leos Carax participam do projeto dando as suas visões particulares da cidade.


Trailer de Tokyo!

Visualmente, o filme parece – loucamente – incrível e para acompanhar um trilha sonora redondinha: Tokyo Police Club.

Emiliana Torrini - Jungle Drum ▪ Plus vídeos: Emilíana Torrini com seu jazz pop selvagem em “Jungle Drum” (assista), o cabaret trip hop de Tricky em “Puppy Toy” (assista), os origamis dançantes do Fleet Foxes em “Mykonos” (assista), uma viagem de volta para o futuro com La Roux em “In For the Kill” (assista) e o Oasis com “Falling Down” (assista)

Em órbita com o Bat for Lashes nas páginas da Dazed & Confused

quinta-feira, fevereiro 12th, 2009

Natasha Khan (a.k.a. Bat for Lashes) aparece na capa da Dazed & Confused de fevereiro. Em entrevista especial para a revista, fala da experiência e produção do novo álbum Two Suns.

As fotos foram tiradas no Joshua Tree National Park por Jason Nocito.

Bat for Lashes
Bat for Lashes
Bat for Lashes
Bat for Lashes
Bat for Lashes

Enquanto escrevo o post, não paro de escutar a música “Siren Song”. Provavelmente, a primeira canção do ano a me pegar de jeito.

“Siren Song” (download aqui ou aqui)

“Promise I´ll never get sad…”

A multiplicidade do The Tings Tings em “We Walk”

terça-feira, fevereiro 10th, 2009

A dupla The Tings Tings aposta na faixa “We Walk” como novo single. Parece até previsível ter a banda caminhando livre, leve e solta num parque, mas o efeito de multiplicidade me lembrou (em questão de segundos) o comercial da Coca Cola (vídeo) com a música do Jack White.


Clipe de “We Walk”

OK. Nada se cria, tudo se copia. E, por incrível que pareça, o resultado sempre parece ser surpreendente.

Cat Power é a garota propaganda da Levi´s

terça-feira, fevereiro 10th, 2009

Chan Marshall, também conhecida como Cat Power, é a nova garota propaganda da Levi´s. A cantora protagoniza a campanha de Primaverão/Verão da marca.

Cat Power - Levi´s
Cat Power - Levi´s
Cat Power - Levi´s

As fotografias são de Katja Rahwles e, além de serem divulgadas em revistas, serão utilizadas para decorar as lojas da marca ao redor do mundo.

Mais informações no hotsite da Levi´s.

Madonna, Jesus Luz e outros modelos brasileiros se pegam gostoso nas páginas da W

segunda-feira, fevereiro 9th, 2009

Depois de uma prévia, esse é o resultado das fotos feitas por Steven Klein, no Hotel Glória (Rio de Janeiro), com Madonna durante a turnê Sticky and Sweet em terras tupiniquins.

Madonna - W (Rio de Janeiro)

Na capa da revista W, a cantora escreve com canetinha rosa “Blame It on Rio. E se a culpa é do Rio, nada melhor do que apelar para a sensualidade.

Madonna - W (Rio de Janeiro)
Madonna - W (Rio de Janeiro)
Madonna - W (Rio de Janeiro)
Madonna - W (Rio de Janeiro)
Madonna - W (Rio de Janeiro)
Madonna - W (Rio de Janeiro)
Madonna - W (Rio de Janeiro)
Madonna - W (Rio de Janeiro)
Madonna - W (Rio de Janeiro)
Madonna - W (Rio de Janeiro)
Madonna - W (Rio de Janeiro)
Madonna - W (Rio de Janeiro)
Madonna - W (Rio de Janeiro)

Mais imagens aqui.

via papel pop

O Grammy continua sendo uma festa (menos, mas ainda) chata

segunda-feira, fevereiro 9th, 2009

Assim como ano passado, o Grammy continua cheio de momentos desnecessários.

A vitória do Coldplay, de melhor canção, já estava prevista após a primeira aparição de Chris Martin, ao piano, para apresentar “Lost!” ao lado de J-Zay e, logo em seguida, a famigerada “Viva La Vida” com seus companheiros de banda.

Coldplay - Grammy

Os adolescentes tiveram momentos de glória nas apresentações de Taylor Swift com Miley Cyrus e, em seguida, a boy band comportada Jonas Brothers (acompanhados de Stevie Wonder) com suas apresentações básicas. Por outro lado, Jennifer Hudson, com sua presença vocal, mais uma vez prova que não é American Idol ou Disney que dita talento.

Katy Perry veio com seu hit “I Kissed a Girl” sem tom, numa produção belíssima, mas faltou fôlego para cantar ao vivo.

Kate Perry - Grammy

Em questão de segundos, foi ofuscada pela simplicidade e talento de Estelle e Kanye West no palco com a pegajosa “American Boy”.

Estelle e Kanye West - Grammy

A rapper M.I.A. – pronta para ganhar nenê – conseguiu algo praticamente impossível para apresentar a sua “Paper Planes”. Juntar Jay-Z, Lil Wayne, T.I. e Kanye West no mesmo palco.

M.I.A. - Grammy

As parcerias renderam na cerimômia. Paul McCartney na companhia de Dave Grohl, do Foo Fighters, entusiasmou o público com o encontro. Logo, a sutileza classuda de Adele, rendeu um momento intimistas com a lindona “Chasing Pavements”, mas a participação desnecessária do Sugarland quase estragou a música. O Radiohead, com um Thom Yorke performático e a presença de uma banda marcial, garantiu o melhor show da noite (vídeo) com “15 Steps”.

Radiohead - Grammy

A noite fechou com o previsível prêmio de melhor álbum para Robert Plant e Alison Krauss. Prêmio com sabor de justiça, já que Plant (na fase do Led Zeppelin) nunca levou um gramofone de ouro para casa.

Alison Krauss e Robert Plant - Grammy

E para terminar, mais um pouco de Adele.

Adele - Grammy

Até o próximo Grammy.