Summer Soul Festival: Florence and the Machine em Florianópolis

Florence Welch, do Florence and the Machine, é uma força da natureza pronta para dar o melhor de si ao vivo em seu culto pop. Os sons de trovões e vitrais de Igreja projetados nos telões, anunciam a entrada da banda e da cantora no palco iniciando o show com “Only If for a Night” emendada com “What the Water Gave Me”, ambas faixas do álbum Ceremonials. Mesmo surpresa com o sucesso no país – algo que talvez a própria não tivesse dimensão – toda a energia e potência vocal de Welch, escondem-se por trás de uma garota delicada quando agradece a receptividade dos brasileiros.

Florence and the Machine - Summer Soul Festival - Florianópolis
Crédito: j0aquimgabriel

Em seguida, “Cosmic Love” e “You’ve Got the Love”, que soa como um hino de Igreja em seu teclados de acordes prolongados antes de ser carregada pelos acompanhamentos instrumentais, garantem estado de transe no público com o setlist apaixonado da ruiva. Com “Shake It Out”, a alma do público é lavada (“and it’s hard to dance with a devil on your back…”), para que Florence termine a canção com movimentos marcados – e desenhados pelo seu longo vestido esvoaçante – pelas batidas da percussão. Já com “Dog Days Are Over”, o seu maior sucesso no país, ela pede para que as pessoas entrem no clima da canção e pulem com ela durante o refrão com muita empolgação e sintonia com que está ali.

Despede-se do palco com “No Light, No Light”, deixando o público perplexo com o seu carisma, energia e presença de palco. Surpreende tanto os que a esperavam por anos, como aqueles que não tiveram tanto contato com seu repertório. Após ficar anestesiado com cada uma das canções, no final do show não sobrou ânimo para ver mais nada, só restando seguir o caminho de saída do Festival e guardar cada momento como único.

INFORMAÇÕES: Summer Soul Festival, Florianópolis – SC
28/01 – 23h.