O Cherryade e seu eletropop rebelde nos singles “The Crown” e “Fractured Fairytales”

Cherryade

Os londrinos do Cherryade começam a destacar-se com seu eletropop rebelde e contagioso que soa como uma mistura efervescente de nomes como M.I.A., Lady Sovereign, Charli XCX e Sleigh Bells.

A enigmática dupla trabalha no EP de estreia – na companhia de nomes como Shaun Canning (Atom Tree), Dimitri Tikovoi (MNEK), Lewis Gardiner (PRIDES) e Ian Watt (GIRLI) – e promove duas faixas do futuro compacto: “The Crown” e “Fractured Fairytales”.

“The Crown” é um pop elétrico e distorcido, encharcado em sintetizadores e batidas pesadas, para cantar sobre crescer numa pequena cidade com poucas perspectivas de futuro e ainda assim manter as ambições.

“Fractured Fairytales”, com seus beats dançantes intensos e sintetizadores enfurecidos, é uma marcha eletropop militar para caminhar contra a maré nas normas e expectativas estabelecidas pela sociedade junto a versos iluminados de atitude.