Frimes, drag queen maranhense que mescla PC Music e funk brasileiro, lança o videoclipe de “Fadinha”

A drag queen ludovicense Frimes é mais um nome para estimular o mercado musical LGBTQ aquecido no país com “efeito Pabllo Vittar”. A artista foca-se na promoção do single de estreia “Fada”, uma composição divertida e despretensiosa embebedada na dinâmica pop robótica da PC Music, popularizada com nomes como SOPHIE, Danny L Harle e Charli XCX, com pitos da malandragem funky brazuca.

Para acompanhar a divulgação da canção, Frimes mostra um videoclipe entusiasmado, sensual e extravagante com estética sado-kawaii-futurista inspirado em filmes como ‘Batman: O Retorno’ (1992), ‘AI: Inteligencia Artificial’ (2001) e ‘Matrix’ (1999).

A direção é de Lucas Sá.

ATUALIZAÇÃO 21.05.2018: o videoclipe de “Fadinha” precisou ser reeditado numa versão 2.0 após uma série de restrições de censura do YouTube que fez da drag mais uma das artistas LGBTQ+ – assim como Pabllo Vittar e Lia Clark, por exemplo – que já tiveram trabalhos excluídos da plataforma de vídeos.

O EP Kawaii Dildo (2017), com a arte inspirada em capa dos singles de SOPHIE e com o universo das referências musicais da artista, encontra-se disponível nas plataformas digitais e conta com nomes sugestivos como “Glitter In My Kool” e “Kawaii Dildo”: