Os 10 melhores videoclipes de 2019


10. Haim“Now I’m In It”
Direção: Paul Thomas Anderson

O Haim lida com a depressão de uma de suas integrantes, Danielle, de forma cuidadosa e com leveza pelo olhar do cineasta Paul Thomas Anderson (de ‘Magnólia’), deixando com que a música a ajude atravessar e contornar a tumultuada fase.


09. Solange“Almeda”
Direção: Solange Knowles

O projeto está repleto de simbolismo feminino e afro-americano desde a cena de abertura, mostrando uma linha de mulheres negras realizando uma coreografia sincronizada, até nos cowboys futuristas neste rodeio musical idealizado pela mente inquieta e cinematográfica de Solange.


08. ROSALÍA“Aute Cuture”
Direção: Bradley & Pablo

Com um quê de Quentin Tarantino em sua produção, ROSALÍA comanda uma gangue de manicures que tem a missão de levar empoderamento feminino em mágicas nas unhas, nas coreografias ousadas e nos figurinos exuberantes que produzem para os habitantes locais.


07. Weyes Blood“Everyday”
Direção: Natalie Mering

Como um clássico filme de trash dos anos 1980, com jovens curtindo uma noite de férias numa cabana nas montanhas, o verão de Weyes Blood e seus amigos está ameaçado por um assassino misterioso.


06. Bon Iver“Naeem”
Direção: AG Rojas

“Naeem” é repleto de metáforas com referências à religião, feminilidade e trauma intergeracional. O trabalho concentra-se em duas famílias que encontram uma pedra misteriosa flutuante no meio de uma estrada: uma delas afronta a morte e outra celebra a vida.


05. Billie Eilish“Bury a Friend”
Direção: Michael Chaves

Digno de um clássico de horror sobre possessão demoníaca, Billie Eilish aparece com lentes escuras, com várias seringas aplicadas em suas costas, fica suspensa no ar num corredor e vigia um amigo que dorme nesta trama assustadora.


04. Tove Lo“Glad He’s Gone”
Direção: Vania Heymann e Gal Muggia

A sueca Tove Lo embarca numa aventura pelos quatro cantos do globo enquanto escuta pelo telefone uma amiga contar sobre o fim do relacionamento com um boy lixo. A artista atravessa por por vários cenários, caindo até mesmo na prisão, enquanto demonstra toda sua compaixão e amor à colega.


03. Normani“Motivation”
Direção: Dave Meyers e Daniel Russell

Em “Motivation, Normani, ex-Fifth Harmony, brinca com as referências dos anos 1990 e 2000 da cultura negra. Seja com a garotinha que assiste ao programa ‘106 & Park’ – um clássico dos anos 2000 que só transmitia videoclipes de astros R&B e hip hop nos EUA -, nas referências de Beyoncé à J-Lo ou nos figurinos e coreografias inspiradas da época.


02. The Chemical Brothers“We’ve Got To Try”
Direção: Ninian Doff

Uma cadela chamada ‘Girl’ encontrada na rua, uma domadora de animais e uma missão espacial imprevisível. Esse é o argumento e o treinamento do The Chemical Brothers para levar o animalzinho à uma viagem espacial pelo desconhecido.


01. FKA twigs“Cellophane”
Direção: Andrew Thomas Huang

Através de um número sensual de dança no pole dance, FKA twigs canta sobre suas desilusões e fraquezas na tentativa de alcançar um universo de perfeição nos céus, mas acaba sendo surpreendida por uma versão de si mesma que a joga em um limbo para lidar com seus sentimentos mais temidos.