Them Crooked Vultures divulga lançamento do álbum de estreia, uma aula de música com Sondre Lerche, trailer de ‘Nowhere Boy’, cantoras dos anos 80 viram Barbies, Florence and the Machine chega à América, Google Music, Lily Allen quer ter seu próprio selo de música, Imogen Heap faz cover de Michael Jackson e clipes bacanas para comemorar o feriadinho

sexta-feira, outubro 30th, 2009

Them Crooked Vultures ▪ Um dos discos mais aguardados do ano, o do Them Crooked Vultures, ganhou um data de lançamento e tracklist oficial.

O álbum da banda formada por Josh Homme (do Queens of the Stone Age), Dave Grohl (do Foo Fighters) e John Paul Jones (do Led Zeppelin) chega às lojas no dia 16 de novembro. O tracklist é:

1. “No One Loves Me & Neither Do I”
2. “Mind Eraser, No Chaser”
3. “New Fang” (escute)
4. “Dead End Friends”
5. “Elephants”
6. “Scumbag Blues”
7. “Bandoliers”
8. “Reptiles”
9. “Interlude With Ludes”
10. “Warsaw or the First Breath You Take After You Give Up”
11. “Caligulove”
12. “Gunman”
13. “Spinning in Daffodils”

Imogen Heap faz um cover delicado (escute) de “Thriller”, de Michael Jackson, para a rádio BBC.

▪ Que tal uma aula de violão com Sondre Lerche? O músico ensina (vídeo) como tocar “To Be Surprised”.

Florence and The Machine chega à América e canta o pop violento de “Kiss With a Fist” (vídeo) no programa Late Show with David Letterman.

Lily Allen quer lançar seu próprio selo musical. (via walesonline)

Joan Jett (do The Runaways), Debbie Harry (do Blondie) e Cyndi Lauper foram transformadas em Barbies.

Barbie 80s

Teaser do EP Behave Yourself, do Cold War Kids. O disco chega às lojas no dia 19 de janeiro de 2010.

Google Music.

▪ Em entrevista para a Rolling Stone, Lenny Kravitz disse que gostaria de trabalhar com Jack White (do White Stripes).

Peter GabrielPeter Gabriel prepara um disco de covers. O álbum vai trazer versões para canções do Arcade Fire, Radiohead, The Kinks, Magnetic Fields e Regina Spektor.

Julian Casablancas (do Strokes) foi ao programa Conan O’Brien (vídeo) apresentar a canção “11th Dimension” do seu álbum solo Phrazes for the Young.

Ellie Goulding fez uma visita (vídeo) ao programa do Jools Holland para cantar “Under the Sheets”.

Trailer de Nowhere Boy, filme que mostra a juventude e o início da amizade de John Lennon (Aaron Johnson) e Paul McCartney (Thomas Sangster).

▪ A fundação Raising Malawi divulga um vídeo exclusivo com Madonna pedindo doações.

No Age - Losing Feeling ▪ Plus vídeos: o Basement Jaxx na companhia de Lightspeed Champion em “My Turn” (assista), a poção do No Age em “Losing Feeling” (assista), a versão de “You´ve Got the Love” feita pelo The xx para Florence and the Machine (assista) e Norah Jones em “Chasing Pirates” (assista).

O inferno astral de Tegan and Sara em “Hell”

quarta-feira, outubro 28th, 2009

O indie pop das canadenses Tegan and Sara está de volta com Sainthood, o sexto álbum das gêmeas. “Hell”, o primeiro single para divulgar o trabalho e com videoclipe dirigido por Jamie Travis, aposta num pop punk com doses de new wave numa canção sobre auto conhecimento.


Clipe de “Hell”

O disco é produzido por Chris Walla, guitarrista do Death Cab For Cutie, que já havia trabalho com as Quin anteriormente.

Entrevista: Volantes

terça-feira, outubro 27th, 2009

Direto de Porto Alegre (RS), a Volantes é formada por Arthur Teixeira (voz / guitarra), João Augusto (guitarra / voz / sintetizador / tambor), Rodrigo Mello (bateria), Otávio Mastroberti (kaossilator, sintetizador, programações e kaos pad) e Bernard Simon (baixo).

Volantes

Com o EP Sobre Gostar e Esperar (escute aqui) recém lançado, essa gurizada já coleciona elogios de músicos (Frank Jorge) e produtores (Rafael Ramos) conhecidos na indústria fonográfica. Além disso, foram escolhidos – através de votação popular – para serem uma das bandas para abrir os shows do Maquinaria Festival – evento que traz nomes como Faith No More, Panic at The Disco, Evanescence, Danko Jones, entre outros – no dia 08 de novembro em São Paulo.

Carregando uma combinação de estilos e referências musicais – o pop rock alternativo confrontando com o eletrônico, o folk e o post punk -, trabalham suas composições de forma extremamente homogênea. Diante de tanta inspiração, contrastam e equilibram o trabalho entre melodias grandiosas (“Vitória” / “Meu Samba”) e momentos intimistas (“OK#54” / “No Corredor, Ali”) fazendo de Sobre Gostar e Esperar um belo e promissor cartão de visita.

Como a Volantes se conheceu?

Arthur: Em uma festa. Vi alguém falar mais alto a palavra “Wilco” [era o João, sentado no chão dando em cima de umas indies], então fui falar com ele pra tocar comigo e com o Rodrigo, com quem eu tinha uma outra banda. O Ota entrou um pouco depois, por indicação de que ele seria o maior fã de The Cure, em Porto Alegre. O Bernard ficava me mandando SMS na madrugada reclamando que não tinha banda. Então, semana passada liguei pra ele e falei que tinha vaga. Mas, já fazemos shows desde o início de 2008.

Quais são as principais influências? E os heróis na música?

Arthur: Meu herói é, sem dúvida, o Caetano Veloso. Depois tem Kraftwerk, Pulp, R.E.M., U2. Das mais recentes, gosto muito de Guillemots, Cut Copy, Bloc Party, do Albert Hammond, Jr. e do Justice.

João: O pós-punk é uma influência fortíssima. Artistas como LCD Soundsystem, Hot Chip e Radiohead. Quando aparece esse termo “heróis” na música, a gente relaciona a artistas como David Bowie, um cara que “se permitiu” fazer o que bem entendesse. Foi Glam, foi “oitentêro”, fez trabalhos super peculiares com Brian Eno. Brian Eno também é outro herói pelo mesmo motivo do Bowie.

Rodrigo: Bowie, Jeff Buckley, Michael Stipe..

Otávio: Gosto muito do pos-punk (The Cure, Echo), das bandas do synth pop do início dos oitenta (Depeche Mode, Yazzo, New Order) e DJs e produtores que deram um “boom” na música das pistas no início dos anos 90 (Basement Jaxx, Moby, Deep Dish).

Volantes - Sobre Gostar e Esperar
Capa do EP Sobre Gostar e Esperar (escute o disco na íntegra)

Como ocorreram as gravações do EP Sobre Gostar e Esperar?

Arthur: Foi uma novela. O EP estava pronto na nossa cabeça em março de 2008. Mas, problemas de todos os tipos, de fechamento do estúdio, perda de arquivos e cirurgias aconteceram. Mas, felizmente temos um amigo muito talentoso (Eduardo Suwa), que gravou o disco e conseguiu manter a coesão em um trabalho feito em tantas etapas. Acho que todo mundo passa trabalho às vezes. Lembra o terror que foi a gravação do Kid A?

E a recepção do trabalho no MySpace?

Arthur: Faz uma semana que as músicas estão no site. No segundo dia, um cara muito importante de uma gravadora muito quente veio falar conosco. O Frank Jorge postou no Twitter que gostou mesmo de nós. Eu me emociono com isso. São coisas que fazem você pensar que está no caminho certo. Não tenho conseguido dormir, só trabalho. E eu quero muito mais trabalho. Não estou nessa pra quebrar quarto de hotel.

Como funciona o processo criativo das canções? Alguém fica responsável pelas melodias e outro pelas letras? E o que nasce primeiro?

Arthur: Até agora eu trazia a canção (letra e música) pronta e construíamos os arranjos juntos. Já estávamos mixando o disco quando o João chegou com “OK#54”. E é impressionante como ela funcionou em conjunto com as músicas que escrevi. Espero que todos se empolguem e tragam mais músicas. Assim, posso curtir mais os shows enquanto alguém canta!

Quanto do trabalho consideram ficcional? E pessoal?

Arthur: Mmmmm… Essa é a parte em que digo que escrevo as minhas músicas sobre os relacionamentos que o João já teve. Não posso me comprometer em rede nacional. Na verdade, cada música podia ter um nome de mulher. Quem sabe role um álbum só com nomes de faixas tipo: Bianca, Cristina, Valéria…

Volantes

Como vocês veem o atual cenário musical do Rio Grande do Sul?

Arthur: Conheço umas dez bandas ótimas daqui. Em contraponto, há algumas precoces e fracas empatando a cena. Mas, se você quiser fazer um festival somente de bandas boas que ainda residem em Porto Alegre, pode levar Bidê ou Balde, Superguidis, Hotel Santa Clara, L.A.B., Apanhador, Pública, o Frank, a Pata…

O que escutam geralmente? E qual é aquele CD que vocês têm escondido na prateleira e não contam para ninguém?

Arthur: Ouço muitas coisas. Atualmente, não tem como não baixar pelo menos uns 3 discos por dia. A música pop é muito generosa. Essa semana ouvi bastante Air, Passion Pit, The xx e o Stan Getz & João Gilberto. Não que eu esconda, mas pegam no meu pé porque me empolgo muito com o primeiro disco do Kid Abelha.

João: Ando ouvindo muito Passion Pit, o último do Phoenix, Bat For Lashes. Sobre o álbum que tenho escondido na prateleira, vou escancarar agora: é o álbum homônimo do Sublime.

Rodrigo: Editors, The Killers, Okkervil River, The Cure, Jeff Buckley.

Otávio: O último do Depecho Mode (Sounds of the Universe), os caras ainda são mestres. La Roux – pela diversão, MGMT e Passion Pit – pela sonoridade e bom gosto que misturam synhts com guitarras.

Onde vocês querem estar daqui a um ano?

Arthur: Na estrada, trabalhando muito, tocando, divulgando, depois de ter gravado o primeiro álbum grande, com todos os hits que temos escondido, como disse o Rafael Ramos. Seria ótimo estar concorrendo ao VMB.

Rodrigo: No VMB.

João: Quero estar na Alemanha e com muito dinheiro, porque lá os instrumentos são baratos.

Otávio: Isso, Alemanha, de onde vêm os melhores synths. Daí, já compro o meu Virus T1 Polar da Access.

Mais informações em myspace.com/volantesvolantes

O indie pop multiplicado de Ellie Goulding em “Under the Sheets”

segunda-feira, outubro 26th, 2009

Ellie Goulding é mais uma das cantoras que recebe o título de “the next big thing” com promessas de ser mais um rostinho e voz agradável no cenário indie pop de 2009. Sem nenhum disco no currículo, a artista – nascida no País de Gales – aposta num eletropop coeso, sendo comparada a Frankmusik.


Clipe de “Under the Sheets”

O single de “Under the Sheets” (MP3) será lançado na primeira semana de novembro pelo selo Neon Gold. É bem provável que Goulding seja mais uma revelação bem sucedida.

A beleza diabólica de Charlotte Gainsbourg nas páginas da V Magazine

segunda-feira, outubro 26th, 2009

A edição de novembro da V Magazine traz a atriz / cantora Charlotte Gainsbourg como principal atrativo da revista no editorial The Devil Inside.

Conhecida pelo seu recente trabalho no filme de Lars Von Trier (Anticristo) e por sua carreira musical – colaborou no último álbum do Air (Love 2) – a artista foi clicada por Paul Jasmin para as páginas da publicação.

Charlotte Gainsbourg - V Magazine
Charlotte Gainsbourg - V Magazine

Gainsbourg está em processo de finalização de seu disco IRM, produzido por Beck e agendado para janeiro de 2010.

Mais insanidades do Fever Ray em “Stranger than Kindness”

sexta-feira, outubro 23rd, 2009

“Stranger than Kindness” é mais um vídeo bem estranho (como é de se esperar) do Fever Ray, projeto solo de Karin Dreijer Andersson do duo sueco The Knife. A faixa promove a edição especial do álbum agendada para novembro.


Clipe de “Stranger than Kindness”

Stranger than Kindness” é um cover da música de Nick Cave / Anita Lane e ganha uma versão no mínimo assustadora nas mãos de Andersson.

Que tal um chocolate com a cara do Michael Jackson?

sexta-feira, outubro 23rd, 2009

A morte do astro pop Michael Jackson continua rendendo uma grana extra para muita gente. Que tal as versões achocolatadas do cantor?

Michael Jackson - Chocolate
Michael Jackson - Chocolate

Mais guloseimas no iheartmj.com.

O pop reciclado, esticado e animado de Marina and the Diamonds em “Mowgli´s Road”

quinta-feira, outubro 22nd, 2009

Quando Marina and the Diamonds, uma versão repaginada de Kate Bush, divulgou o pobre vídeo de “I´m Not a Robot”, a pergunta que ficava era: “Por que não lançar um clipe de “Mowgli’s Road”, uma das melhores músicas de Marina até o momento?”


Clipe de “Mowgli´s Road”

Desejo atendido num vídeo sensacional e extremamente flexível dirigido por Chris Sweeney.

Kanye West está possuído no curta ‘We Were Once a Fairytale’ de Spike Jonze

quarta-feira, outubro 21st, 2009

No curta metragem We Were Once a Fairytale, dirigido por Spike Jonze, o rapper Kanye West interpreta um bêbado em uma casa noturna. Ou deveríamos dizer que aquele é ele mesmo depois do incidente no VMA?


Curta We Were Once a Fairytale

No curta, West vaga de um lado para o outro numa balada que toca seu disco 808’s and Heartbreaks, vomita pétalas de rosas em um banheiro e arranca um simpático monstrinho de seu estômago ao som de Beethoven. Entendeu?

Volantes disponibiliza EP na Internet, Arcade Fire assina a trilha assustadora de ‘The Box’, teaser do DVD ao vivo do The Killers, White Stripes promete disco de raridades, Marge Simpson nas páginas da Playboy, Katy Perry conta com ajuda de integrante do Weezer, Pharrell Williams e Santigold lançam música para videogame e clipes para não perder de jeito nenhum

segunda-feira, outubro 19th, 2009

Volantes - Esperar ▪ A banda gaúcha Volantes disponibilizou o seu EP Sobre Gostar e Esperar no MySpace.

Com influências do post-punk e indie-dance do final dos anos 80 e início dos 90, o som desta gurizada de Porto Alegre é composto de guitarras, baixo, bateria e uma parafernália eletrônica, além de uma inspiração que parece surgir dos trabalhos mais harmônicos do produtor Brian Eno. Formam o grupo: Arthur Teixeira, Rodrigo Mello, Otávio Mastroberti, João Augusto e Bernard Simon.

Trailer do DVD ao vivo do The Killers, Live From The Royal Albert Hall.

▪ O White Stripes prepara um disco de raridades do início da carreira para a alegria dos fãs da dupla. (via nme)

Pulp (Google Wave) Fiction.

The Box ▪ O site do filme The Box, dirigido por Richard Kelly, apresenta trechos da trilha sonora feita pelos integrantes do Arcade Fire. O diretor diz que ela é assustadora como as composições de Bernard Herman para os suspenses de Hitchcock.

▪ Rivers Cuomo, o líder do Weezer, afirmou que vai dar uma mão para a estrela pop Katy Perry. (via pitchforkmedia)

Calendário de santos transexuais

▪ Marge Simpson rouba as atenções na Playboy americana.

Marge Simpson - Playboy Marge Simpson - Playboy

▪ A inglesa VV Brown grava cover (vídeo) de “Day ’N’ Nite”, de Kid Cudi, em seu quarto.

Santigold (ex-Santogold) lança a faixa “Soldier” (MP3), para ser trilha do jogo de videogame de Tony Hawk, ao lado de Pharrell Williams (do N.E.RD.).

Lily Allen - Who´d Have Know ▪ Plus vídeos: Lily Allen rapta Elton John em “Who´d Have Know” (assista), Arctic Monkeys em “Cornerstone” (assista), Little Boots em “Earthquake” (assista), Basement Jaxx em “Scars” (assista) e o Wolfmother em “New Moon Rising” (assista).